Poucas pessoas sabem mas, especialmente durante o período dos anos de 1940, o engenheiro, criador e empreendedor Earl Tupper, decidiu usar os polímeros mais caros em substituição aos plásticos baratos. A ideia do empresário era encontrar uma maneira prática de trabalhar com um plástico que fosse leve, flexível e inquebrável, características que ainda hoje marcam os produtos Tupperware.

Além disso, Earl Tupper também estava em uma grande busca de um material que pudesse ser amplamente utilizado na cozinha, algo diferente de tudo o que o mercado oferecia naquela época. Por meio dessas buscas incansáveis, Earl imprimiu um inovador padrão de qualidade nos produtos da marca e esses foram os passos iniciais desta que é uma das histórias de sucesso.

Para se ter uma ideia, durante todo esse período várias estratégias foram criadas de forma a atrair os clientes e ampliar as vendas. A Tupperware também inovou nesse quesito e começou a aplicar ainda nos anos de 1950 o conceito de demonstração domiciliar. Após um tempo, foi possível verificar que esse conceito de vendas aliado aos produtos de qualidade foram os grandes impulsionadores da marca.

A ideia da Tupperware era reunir amigos, vizinhos e familiares em um encontro para que a demonstradora apresentasse a durabilidade e a versatilidade dos produtos. Essa estrutura agradou bastante os clientes. Os encontros se tornaram ótimas oportunidades para vender os produtos e até mesmo para entreter os consumidores.

Por fim, a renomada marca Tupperware também sempre utilizou e acreditou em massa no sistema de vendas diretas. Até os dias de hoje, esse meio se mostra bastante eficiente para encontrar e atender os consumidores. Ainda assim, segundo dados divulgados pela própria empresa, na Europa e na África do Sul, 35 milhões de convidados ou convidadas por ano aceitam o convite para demonstração de Tupperware. Os itens da marca, que acompanham a evolução e as necessidades do seu público-alvo, são vendidos em mais de 100 países, sendo demonstrados para cerca de 97 milhões de convidadas.

E você, o que achou dessa história? Compartilhe aqui em nosso blog Rosa Tupperware?